Você vai no consultório, preenche uma ficha gigante. A atendente te chama e faz as mesmas perguntas que vc acabou de responder. Entra na consulta e o médico faz o que? sim, sou casada, publicitária e estou aqui porque ando muito impaciente e irritada!!!

Mesmo que, neste caso de uma conhecida (identidade preservada), o medico(a) seja o(a) melhor do mundo, terá grandes chances de perder o cliente/paciente – além de que provavelmente não fará indicações para outras pessoas.

Existe aí, uma grande carga de retrabalho, ou seja a atendente e o médico poderiam ser mais produtivos, mais coisas poderiam ser feitas, inclusive um atendimento melhor… 

Avaliar processos, pensar no roteiro dos pacientes dentro da Clínica, entender os “momentos da verdade” de contato do cliente na clínica é fundamental! Para tanto, ouvir e atentar ao que dizem os pacientes (como clientes!) e cuidar para que ele tenha uma boa experiência faz toda a diferença!

Como repito em minhas palestras, “Paciente é aquele atendido dentro do consultório. Cliente é atendido em todo o processo, desde o manobrista até o resultado do exame“.