aí algo que ouvimos desde crianças, e em diferentes momentos da vida teve diferentes sentidos. E para a área da saúde, isso pode ser mais verdade ainda!

Afinal, muitos são os casos daqueles que procuram médicos quando o problema está grave, precisando (desesperadamente) “remediar”. E frente aos possíveis impactos e consequências em tal assunto (saúde), ter um bom médico se torna algo da maior importância!

Talvez a profissão que, nesse sentido, mais se assemelhe a isso – e não seja na área da saúde – seja a dos advogados. Tipicamente procura um (bom!) advogado quando você se depara com um problemão!

Uma cirurgia complexa, ou um enrosco jurídico-legal… você quer mais que “um médico” ou “um advogado”. Você quer profissionais bons, de ponta e competentes… Nada mais justo!

Mas tem algo para ser feito… Não se restrinja a tratar das suas doenças – trate a sua saúde! Não conte com o advogado apenas para os “problemas” – compartilhe com ele(a) seus planos, busque aconselhamento, planeje… Previna-se!

A Interact oferece um curso sobre os Aspectos Jurídicos para Clínicas & Consultórios (clique para saber mais sobre o curso). Será a 2a edição desse curso, que além dos temas SocietárioTrabalhistaTributário e Erro Médico & Responsabilidade Civil, terá também Direito Ambiental-regulatório: riscos com medicamentos, substancias e insumos, exigências da Anvisa e controles e Publicidade Médica: quais são os limites éticos. O objetivo é permitir ao participante identificar os riscos jurídicos no dia-a-dia da clínica, consultório ou exercício da profissão, e iniciar um trabalho de gestão desses riscos, de prevenção e mitigação.